Agroindústria

Agroindústria

A Agroindústria tem como característica o objetivo de transformar as matérias-primas da pecuária, agricultura e silvicultura, a fim de prolongar sua disponibilidade e aumentar o prazo de validade.

Pode ser definida como uma fase na qual produtos primários são transformados em subprodutos, voltados, principalmente, para a produção de alimentos ao consumidor final. Isso inclui carnes, enlatados, cereais, laticínios, roupas, energias e combustíveis.

As matérias-primas tratadas nos processos da agroindústria possuem três características: sazonalidade, perecibilidade e heterogeneidade.

Qual a importância da agroindústria?

De acordo com dados divulgados pela Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (EMBRAPA), a agroindústria tem destaque no PIB brasileiro, sendo que 5,9% das riquezas do país são provenientes desse setor. O Brasil é considerado uma referência no assunto, sobretudo no beneficiamento de carne, café, laranja, soja e cana.

Tipos de agroindústria

As frentes de atuação vão muito além dos grandes campos de plantação e máquinas que fazem colheita. A agroindústria está presente em processos que, aparentemente, podem parecer isolados. Por exemplo:

  • Ração animal, voltada para animais rurais ou de estimação;
  • Itens frigoríficos: carne bovina, de aves ou peixes;
  • Indústria de máquinas e equipamentos para agricultura;
  • Leite e derivados;
  • Indústria têxtil, como roupas feitas a partir de lã, algodão e couro.

De fato, a agroindústria está presente em todos os momentos da vida das pessoas e é responsável pela maioria dos produtos utilizados no dia a dia.

Qual seu impacto?

Instituições de fomento, cooperativas agroindustriais e políticas públicas educacionais têm ajudado a inserir os agricultores familiares no modelo agroindustrial. Dessa forma, os pequenos produtores têm conquistado poder no mercado e a possibilidade de embolsar uma porcentagem maior dos lucros de sua produção.

Além disso, a agroindústria também impacta o consumidor. Isso porque os alimentos são colocados à venda no mercado com prazo de validade prolongado, mais nutritivos e há maior praticidade de consumo. O setor ainda reduz o número de etapas para que um produto chegue até o cliente final, permitindo que ele se torne mais acessível a todos.

Adicionar Comentário